Principais procedimentos realizados pelos homens




Os principais procedimentos realizados por homens, segundo o Dr. Lecy Marcondes Cabral são: 

Lipoaspiração

Ao contrário do que muitos pensam a lipoaspiração não é feita para emagrecer, perder peso. É realizada para remodelar o corpo, retirar a gordura localizada e assim melhorar o contorno corporal. 

A gordura retirada durante a cirurgia poderá se utilizada para preencher ou até mesmo modelar outras áreas do corpo que possam apresentar depressão ou pouco volume de gordura, o que chamamos de lipoescultura. Na região abdominal - podendo ser associada a uma lipoaspiração na região da cintura - é um dos procedimentos mais requisitados pelos homens. É muito eficiente para eliminar a barriga, desde que ela não esteja muito grande (em forma de avental). 

De acordo com o cirurgião plástico Lecy Marcondes Cabral, outra consideração a ser feita é "que os melhores candidatos à lipoaspiração são aqueles pacientes próximos do peso ideal e que apresentam gordura localizada de difícil perda com exercícios". No caso de pacientes obesos, é recomendado um regime prévio com acompanhamento médico para que o resultado final seja satisfatório. 

Ginecomastia

A ginecomastia caracteriza-se pelo desenvolvimento excessivo das glândulas mamárias no homem, fator que pode trazer desagradáveis efeitos emocionais para o paciente. De acordo com o cirurgião plástico, as causas mais comuns para o surgimento do problema são hormonais, seguidas da utilização de esteróides anabolizantes. 

A maioria dos casos de ginecomastia apresenta-se na puberdade, com uma incidência de 65%, entre jovens de 14 e 15 anos. Essa condição desaparece durante os últimos anos da adolescência, apresentando-se apenas em 7%, aos 17 anos de idade. 

A incidência aumenta com a progressão da idade, atingindo até 30%, nos homens idosos. "A retirada do excesso de gordura das mamas pode ser realizada em associação com uma lipoaspiração, dependendo da capacidade de retração da pele. No caso de mamas muito grandes, a cirurgia com incisão na aréola poderá também ser indicada", explica o especialista. 

Blefaroplastia 

A blefaroplastia ainda é uma cirurgia mais procurada pelas mulheres, mas, ultimamente, registra-se um crescimento por este tipo de procedimento por parte da ala masculina. 

Além das "gordurinhas" que reforçam o aspecto envelhecido e cansado da face, popularmente conhecidas como "bolsas de gordura", o tecido das pálpebras, inferiores e superiores, com o passar do tempo, torna-se flácido e cai. "Quando isto acontece, a solução é a blefaroplastia, uma cirurgia plástica específica para corrigir as deformidades das pálpebras", afirma o cirurgião plástico. 

O maior objetivo da blefaroplastia é eliminar o excesso de pele e gordura ao redor dos olhos, fruto, em alguns casos, de doenças oculares. O excesso de gordura nos olhos já começa a aparecer a partir dos 30 anos. 

O grau de intensidade do excesso de gordura ou de pele vai depender, sobretudo, da qualidade do tecido de cada pessoa e de fatores genéticos e características familiares. Há casos mais graves em que a pele da pálpebra superior chega a cair por cima dos cílios, ficando quase à frente da pupila, prejudicando a visão, situação em que o paciente é submetido a uma cirurgia funcional e não de caráter meramente estético.

Lifting facial

O rosto é a parte do corpo onde as marcas do envelhecimento ficam mais evidentes. Rugas aparecem com o passar dos anos, os músculos faciais começam a ficar flácidos, há uma perda de brilho na face, aparecimento de manchas, diminuição da elasticidade da pele... Para evitar estes problemas, podemos prevenir ou tratar o envelhecimento facial. 

Tão importante quanto tratar este problema é conhecer os agentes causadores do envelhecimento. "A exposição prolongada ao sol, fatores genéticos ou características raciais, ganho ou perda excessiva de peso e o ato de fumar têm papel importante no aparecimento precoce dos sinais de envelhecimento do rosto" afirma Lecy Marcondes Cabral.

Quando não é mais possível prevenir, cabe ao cirurgião plástico a melhor indicação de tratamento para o rejuvenescimento facial. O lifting com fio russo é um dos métodos empregados para combater a flacidez e a queda de gordura da face. Mais simples do que a tradicional cirurgia plástica no rosto, não há a necessidade de cortes ou de aplicação de anestesia geral. 

O combate à flacidez é feito através da tração de fios que são inseridos sob a gordura. Como um fio de sutura, é fino e compatível com o organismo, só que ao invés de ser liso, possui uma dupla fileira de garrinhas no formato de escamas de peixe. 

São estas garrinhas que se prendem ao tecido gorduroso, provocando uma imediata tração na pele. O procedimento demora cerca de uma hora, o rosto fica meio arroxeado, mas os resultados são visíveis em poucos dias. "Ao tocar o local, o paciente não sentirá o fio, pois ele será colocado sob a camada de gordura da face" afirma Cabral.

Por sua simplicidade de aplicação pode ser utilizado em uma grande faixa etária, e em épocas mais precoces, quando uma cirurgia ainda não é indicada, mas já se pode observar a queda da gordura que se projeta na mandíbula e perto do queixo.

Rinoplastia

Olhos, nariz e boca não precisam ser perfeitos, mas devem formar um conjunto agradável e harmonioso. Localizado no centro da face, o nariz ganha uma posição de destaque e transforma a fisionomia. "Além de conferir a proporção do rosto, ele é capaz de harmonizar a face. Nos casos em que a forma não está adequada, a cirurgia plástica corrige essa imperfeição e devolve o ponto de equilíbrio", afirma Lecy Marcondes Cabral. 

Para realizar uma rinoplastia, o cirurgião deve levar em conta aspectos como o tamanho do nariz em relação à testa (região frontal), à parte central do rosto e, também, ao tamanho do queixo, respeitando-se as características étnicas e, naturalmente, o biotipo de cada paciente. "Nunca um nariz será igual a outro, pois as correções não obedecem a um padrão, mas sim ao ideal proposto para cada indivíduo. Apenas o cirurgião plástico é capaz de definir, após analisar todos os detalhes, o formato ideal para o nariz do seu paciente", afirma o cirurgião, que também é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 

Narizes com a base larga (tipo negróide), ou com o dorso alto (adunco ou com giba óssea), ou ponta globosa exigem tipos diferentes de plástica. "Além disso, o especialista precisa analisar o aspecto funcional da intervenção, ou seja, associar no mesmo ato cirúrgico uma correção de septo nasal, problema comum que provoca obstruções nasais e dificuldades para respirar", alerta Cabral.

Implante capilar

A calvície masculina pode-se apresentar logo após a puberdade, mais é geralmente mais evidente após os 25-30 anos. 

Hoje, como os homens estão lidando melhor com sua vaidade, eles têm procurado um tratamento preventivo para este problema, tentando evitar a calvície. 

A quase totalidade dos casos de calvície masculina é de origem genética ou hormonal: a chamada alopécia androgênica masculina ou simplesmente calvície. 

Outro problema relacionado à queda de cabelos é a alopécia areata ou pelada: áreas ovaladas sem cabelo que podem surgir em qualquer local do cabelo, barba, sobrancelhas ou até em outras partes com pêlos do corpo. É em geral, desencadeada pelo stress. 

Na fase de queda acentuada, um correto tratamento à base de medicamentos associado à análise do fio de cabelo e terapia capilar resulta em menos perda de cabelo e recuperação dos fios ainda viáveis. 

Uma dica de tratamento é o laser bio-stimulante, que auxilia na regeneração capilar e pode ser aplicado uma vez por semana. "Quando a calvície já se instalou definitivamente, o melhor tratamento é o implante capilar, que possibilita o crescimento normal e definitivo dos cabelos", afirma o cirurgião. 

O implante capilar vem sendo constantemente aperfeiçoado e consiste na retirada de uma faixa de cabelo da parte de trás da cabeça, que são separados fio a fio e implantados na área calva. "A técnica permite implantar cerca de 3.500 fios lado a lado, com maior densidade por cm²", explica.

Fonte: 
http://www.abn.com.br/editorias1.php?id=40617



Comente:

Nenhum comentário

Comente Sempre!