Alopécia




 
É normal que o cabelo caia pela "raiz". Em cada momento, cerca de 15% dos cabelos estão em fase de repouso.
A maioria encontra-se em fase de crescimento durante longos períodos (2 a 6 anos). É a duração deste período que determina o comprimento individual do cabelo que, em média, é de 30 cm se nunca for cortado. 

A queda excessiva do cabelo deve ser investigada pois pode ser devida a:

 Dietas pobres em proteínas 
 Medicamentos (anticoagulantes, antireumatismais, antidepressivos, beta-bloqueantes, hipervitaminose A, pílulas anticoncepcionais, citostáticos, etc.)
 Períodos de febre prolongada
 Cirurgias
 Doenças crónicas
 Gravidez, partos, abortos
 Alterações endócrinas (tiróide)
 Tracção continua e prolongada do cabelo ("rabo de cavalo",rolos, etc.)


Identificada e anulada a causa, o cabelo ainda cairá por um período de 3 a 6 meses, após o que retomará gradualmente a normalidade. Quando a causa persiste durante muito tempo a perda pode ser definitiva.
 
Tem dois tipos de alopecia:
Alopecia areata (peladas) - Forma particular de queda de cabelo, por áreas (única ou múltiplas). É geralmente temporária, com duração de alguns meses. Afecta cerca de 1% da população. A sua causa é desconhecida.
 
E tem a  alopécia androgénica  que é a calvice 



Comente:

Nenhum comentário

Comente Sempre!