Saiba mais sobre o Melasma







A pele é o maior e o principal órgão de revestimento do organismo humano, isolando os componentes orgânicos do meio externo. Composta por um agregado de tecidos que funcionam em conjunto, é formada por três grandes camadas: a epiderme; a derme ou cório; e a hipoderme; considerando a camada mais superficial para a mais profunda, respectivamente.

O Melasma é um problema dermatológico que afeta cerca de 150 mil brasileiros por ano causando manchas escuras na pele.  O Melasma se caracteriza por hiperpigmentação negra, de bordas definidas e localizada em regiões da pele que são frequentemente expostas ao sol, como face, fronte, têmporas, malares e perioral.

Classificação do Melasma:

  1. Melasma Epidérmico: O pigmento fica nas camadas mais superficiais da pele;
  2. Melasma Dérmico: O pigmento já está nas camadas mais profundas, além da superficial;
  3. Melasma Misto: Em algumas regiões o pigmento fica superficial e em outras ele já está profundo;
A face é vista por muitas pessoas como cartão de visita, e qualquer alteração que afete a "estética" dessa região é tida como grande incômodo para o paciente, afetando inclusive sua saúde psicossocial. Visto isso, a fisioterapia Dermatofuncional vem obtendo ganhos constantes em estudo de técnicas e tecnologias para tais tratamentos, alcançando resultados bem satisfatórios, com redução de efeitos adversos e retorno rápido às atividades de vida diária.

Quais áreas do rosto podem ter Melasma?

  • Áreas frontais (testa);
  • Áreas temporais (região entre o olho e a orelha);
  • Dorso nasal (parte de cima do nariz);
  • Buço (parte superior da boca);
  • Queixo;
  • Mandíbula;
Existem cinco pilares básicos para o sucesso de um tratamento dessa hipercromia:

1. Usar filtros solares com alta proteção UVA e UVB (de preferência os fotoestáveis);
2. Hidratação;
3. Nutrição;
4. Fortalecimento do Sistema Imunológico;
5. Estímulo na síntese de substâncias (principalmente colágeno e elastina).

Como podemos tratar o Melasma?

Você sempre deve procurar um profissional qualificado para tratar o seu melasma. Dentre os tratamentos podemos citar:

  • Fotoproteção: excencial, durante toda vida. Principalmente para evitar recidivas.
  • Peelings Químicos: com ativos clareadores e despigmentantes.
  • Peelings Físicos: como coadjuvantes de alguns tratamentos.
  • Microagulhamento.
  • Laser e Luz Intensa Pulsada: algumas fontes de luz podem auxiliar a clarear o melasma, mas sempre com muito cuidado para não ocorrer uma hiperpigmentação de rebote.
A eficácia da fisioterapia dermatofuncional e seus diferentes métodos empregados à redução pigmentar do melasma fundamentam investigação para compreensão das estratégias utilizadas para o tratamento dessa disfunção.

Um dos tratamentos feito é com o uso de substâncias despigmentantes, aplicadas na pele. A associação dos despigmentantes com alguns tipos de ácidos geralmente aumenta a eficácia daqueles. Quando o pigmento se localiza mais profundamente, a melhora é mais difícil, exigindo persistência para se obter um bom resultado.

Aparelhos que geram esfoliação superficial (remoção de estrato córneo), como a microdermoabrasão (peeling de diamante de cristal ou de diamante) e peeling ultrassônico facilitam a permeação de ácidos e substâncias clareadoras, ajudando a remover o pigmento das camadas superiores da pele.

Dicas importantes para obtenção de melhores resultados no tratamento do Melasma

É muito importante que você tenha cuidado no momento de realizar os procedimentos para o tratamento do Melasma, mas aqui deixo algumas dicas importantes que irão auxiliar para a melhora dos resultados:

Evitar exposição solar.
Evitar o uso de drogas fotosensibilizantes.
O uso de anticoncepcionais precisa ser descontinuado para obter melhores resultados uma vez que há associação direto do estrógeno e progesterona com o Melasma.
A agressão e manipulação da área com Melasma deve ser evitado. Toda inflamação no local tende a escurecer mais a mancha devido a pigmentação pós inflamatórias.

Para finalizar, deixo aqui a indicação de um bom conteúdo para quem quer estudar a Estética e seus diversos aspectos. Clique aqui e vá para a página da Quero Conteúdo de Estética!


Eu sou a Dani, a atendente do Quero Conteúdo. Se você quiser ter conteúdo sobre esse tema para estudo, entre em contato pelo Whatsapp ou email do site . Conheça também nossa página de materiais educativos gratuitos .


Comente:

Nenhum comentário

Comente Sempre!