Cirurgia estética pode pôr fim aos olhos puxados e acabar com as reclamações na hora da maquiagem






Se para muitas os olhinhos puxados são a marca que caracteriza o charme das orientais, para outras essa marca é um problema. E como os problemas não ficam sem solução neste mercado cada vez mais desenvolvido da estética, a sugestão para quem deseja pôr fim ao look oriental é a cirurgia de ocidentalização das pálpebras.

Aderindo a ela, as mulheres, em especial, não poderão mais se queixar de dificuldades em aplicar sombras, delineadores e similares.
A operação é simples e rápida, feita sob anestesia local. Consiste em retirar parte da gordura existente nas pálpebras superiores e, na maioria das vezes, também de uma tirinha fina de tecido muscular para eliminar o aspecto inchado, típico dos rostos orientais. Depois, é feito um sulco (dobrinha) em cima dos olhos. Segundo especialistas, a criação deste sulco abre os olhos e garante mais expressividade ao olhar.

É necessário, todavia, um pré-operatório completo capaz de identificar a presença de pregas uni ou bilaterais, sua altura e comprimento; a espessura das pálpebras, na assimetria, no formato, nos tamanhos de fenda palpebral, assim como a inserção e a altura dos ligamentos cantal medial e lateral. É fundamental ainda examinar a presença de cicatrizes e de problemas visuais.

O procedimento dura cerca de uma hora e o paciente pode voltar para casa no mesmo dia. Entre os cuidados sugeridos estão compressas de gelo e repouso por uma semana. Apenas após o quinto dia de cirurgia os pontos são retirados.

Equipe Bem Star



Comente:

Nenhum comentário

Comente Sempre!